637154.jpg

Planejamento Estratégico e Governança Pública nas Licitações regidas pela nova Lei 14.133/21

Mapeamento de ações, identificação de problemas e oportunidade para a melhoria das aquisições pela Administração Pública 

Apresentação:

O planejamento estratégico tem o objetivo de mapear as ações que uma instituição realizará ao longo de um período para chegar na visão de futuro desejada. Essa ferramenta traz a lume aquilo que realmente importa a longo prazo. O planejamento estratégico auxilia na compreensão das mudanças do ambiente externo e interno, pois ajuda a reconhecer problemas que podem surgir ao longo do caminho e a identificar oportunidades de melhoria.
 

No setor público, podemos destacar a governança como uma das dimensões da governança pública. Nos termos do acórdão TCU Plenário 588/2018, a definição da estratégia de atuação é uma das dimensões da boa governança.
 

No campo das aquisições, estabelece que as contratações devem ser alinhadas com o Planejamento Estratégico do órgão ou entidade. Dessa maneira, é necessário compatibilizar o Planejamento Estratégico da área de aquisições com o equivalente institucional.
 

Esse curso vai te auxiliar a superar todos esses temas e melhorar a capacidade de entrega do setor de aquisições.

O que você aprenderá:

Realizar e construir o planejamento estratégico do setor de aquisições.

>>

Definir e criar indicadores de desempenho.

>>

Medir o desempenho do setor de compras e das compras.

>>

Vincular o Plano Anual de Contratações com o planejamento estratégico institucional.

>>

Os principais instrumentos de governança das aquisições e seu uso na execução da es-tratégia.

>>

Investimento

para uma inscrição:

R$ 1.490,00

Clique aqui e acesse 

descontos para grupos

FAÇA SUA INSCRIÇÃO:

Online & Ao Vivo

22, 23, 24 e 25 de Nov 2021

Carga Horária

16 horas

Ministrante

Thiago Bergmann

Mestre em Administração, Professor e Palestrante, atualmente ocupa o cargo de Analista Judiciário, especialidade Contabilidade, no Tribunal Superior Eleitoral, com atuação nas áreas de auditoria, prestação de contas eleitorais e partidárias e de licitações e contratos. 

Valor por participante para inscrições de 4 ou 5 alunos.

O aluno receberá o link para acessar a sala de aula virtual, via e-mail, um dia útil anterior a data de início do treinamento

Investimento:

R$ 1.490,00

Valor por participante.

O aluno receberá o link para acessar a sala de aula virtual, via e-mail, um dia útil anterior a data de início do treinamento

R$ 1.340,00

Valor por participante para inscrições de 2 ou 3 alunos.

O aluno receberá o link para acessar a sala de aula virtual, via e-mail, um dia útil anterior a data de início do treinamento

R$ 1.260,00

ou

ou

Valores para mais participantes, envie uma mensagem para nosso whatsapp, clicando aqui!

 

Datas e Horários das turmas:

Turma 3:

Data: 22, 23, 24 e 25 de Nov de 2021

Horário: 09h00 às 13h00

Vantagens:

credib.png

Credibilidade

30 anos do Instituto Esafi, auxiliando mais de 50 mil servidores públicos a tomar decisões de forma segura

Professores

Aprenda com quem tem experiência. Nossos Professores, assim como você, também são servidores públicos.

prof.png
intera.png

Interação

Converse em tempo real com o Professor e colegas, trocando experiências e esclarecendo todas suas dúvidas.

zoom.png

Via ZOOM

Utilizamos uma das plataformas mais seguras e que foi amplamente utilizada durante a Pandemia de 2020.

Formas de Pagamento:

O pagamento poderá ser realizado por meio de boleto ou transferência bancária para as seguintes contas:
         
Banco do Brasil: Ag. 0021-3 | Cc. 104154-1
         
Caixa Econômica Federal: Ag. 1564 | Cc. 908-8 (Operação 003)
Para pessoas físicas, estão disponíveis as opções de pagamento via
Cartão de crédito e PicPay.

Dados da Esafi para emissão de empenho:

Esafi - Escola de Administração e Treinamento Ltda
Av. Rio Branco, 1765, Salas 05 e 06 - Praia do Canto, Vitória, ES

CNPJ: 35.963.479/0001-46 | Inscrição Municipal: 038.206-7

"Estamos cadastrados no SICAF"

Ministrante:

THIAGO BERGMANN

Bacharel em Ciências Contábeis e licenciado em Matemática na Universidade de Brasília. Mestre em Administração, área de concentração Finanças, pela mesma instituição. Atualmente, ocupa o cargo de Analista Judiciário, especialidade Contabilidade, no Tribunal Superior Eleitoral com atuação nas áreas de auditoria, prestação de contas eleitorais e partidárias e de licitações e contratos. Foi professor de Contabilidade na Universidade de Brasília e de Administração na Universidade Aberta do Brasil, além de atuação na Educação básica, nas modalidades presenciais e à distância, e em cursos preparatórios para vestibulares e concursos.

Público-alvo:

Gestores da área de aquisições e demais participantes da definição da estratégia.

Conteúdo programático:

 

NIVELAMENTO SOBRE O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO:

  • Conceituar Planejamento Estratégico;

  • Conhecer os passos para construção de um planejamento estratégico;

  • Estudar as atividades relacionadas às licitações com enfoque estratégico;

  • As 7 etapas do Planejamento estratégico.

OFICINA PRÁTICA DE CONSTRUÇÃO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO.

CRIAÇÃO DAS PRINCIPAIS FERRAMENTAS ESTRATÉGICAS:

  • Definição da Missão do setor de aquisições;

  • Declaração da Missão:

    • Fórmula base para definição da Missão.

  • Definição de Visão do setor de aquisições;

  • Declaração da Visão:

    • Fórmula base para definição da Visão.

  • Análise de Ambiente;

  • Ambiente Externo e Interno;

  • Oportunidades e Ameaças (Ambiente Externo);

  • Forças e Fraquezas (Ambiente Interno);

  • Avaliação da situação atual;

  • Definição de Metas e Objetivos;

  • Motivação e Indicadores.

MEDINDO O DESEMPENHO DO SETOR DE COMPRAS E DAS COMPRAS:

  • Criação de Indicadores de Desempenho.

 

EXECUÇÃO DA ESTRATÉGIA:

  • Mapeamento do Processo de Trabalho;

  • Cuidados, dicas e passos necessários;

  • A revisão dos processos de trabalho e a eliminação de desperdícios;

  • Atividades sem valor agregado – Múltiplas autorizações;

  • Tempo de espera – Tramitação interna;

  • Transporte ou movimentação física desnecessária;

  • Erros – Feedback;

  • Desperdício da criatividade dos servidores – Controles internos;

  • Planejamento das Contratações:

    • Definição dos prazos e responsáveis por cada etapa;

    • Considerar tipo de contrato (contínuos?), dificuldade de tramitação, contratos recorrentes;

    • Mitigação de riscos;

    • Sustentação: garantia x manutenção.

  • Capacitação dos Servidores;

  • Padronização de objetos e intercâmbio.

A RELAÇÃO ENTRE A GOVERNANÇA E A DEFINIÇÃO DA ESTRATÉGIA.

 

OS PRINCIPAIS INSTRUMENTOS DE GOVERNANÇA DAS AQUISIÇÕES E SEU USO NA EXECUÇÃO DA ESTRATÉGIA.

 

.